Tipo 5 - O Observador

enneagram tipo5 observador

No caso de o parágrafo sobre o Observador ter sido a sua primeira escolha, há uma probabilidade de 65% de este ser o seu tipo. Leia a descrição que a seguir se apresenta e verifique se descreve a sua personalidade com precisão.

 Asas - Romântico 4 e Céptico Leal 6

Tipo da Segurança - Protector 8

Tipo do Stress - Epicusrista 7

MITOS SOBRE O TIPO

Há quem acredite que os Cincos são pouco generosos e mesmo avarentos, e excessivamente reservados. Todavia, não é tanto uma questão de os Cincos serem avarentos como de não estarem disponíveis para partilhar a identidade quando têm solicitações ou intrusões emocionais em demasia. Na verdade, os Cincos podem ser muito generosos e empenhados. Simp)esmente, querem saber até que ponto vão as solicitações feitas ao seu tempo e energia; por assim dizer, querem saber quais são os parâmetros.

ADJECTIVoS OUE DESCREVEM O TIPO

Auto-suficiente, pouco exigente, discretamente compassivo, conhecedor, investigador, inquisitìvo, objectivo, sistemático, analítico, ponderado, capaz numa crise e discreto, mas também por vezes reservado, mesquinho, desligado, apagado, distante, avaro com sentimentos e excessïvamente privado.

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

Foco:

O domínio intelectual. Factos. Compartimentatizaçâo analftica e intelectual. lntrusões e exigências que me são feitas. Os meus pontos cegos" são a abundância, a autoprivaçäo e o apoio que me é prestado naturalmente por outros.

lnvisto a minha energia em:

Retirar-me para observar. Aprender tudo quanto há para saber sobre determinado assunto. Pensar e analisar antecipadamente. Minorar e reduzir sentimentos Manter a minha autonomia para conservar energia. Manter um grau suficiente de privacidade, fronteiras e limites.

Faço tudo quanto posso para evitar:

Sentimentos fortes, incluindo os meus, em especial o medo. Pessoas ou circunstâncias intrusivas e exigentes. Sentimentos de incapacidade e vazio. No mais fundo de mim, acabar totalmente esgotado ou exaurido e por isso incapaz de lidar com a vida.

As minhas forças:

Erudição. Ser conhecedor. Pónderação. Calma em crises. Ser respeitoso. Guardar confìdèncias. Ser de confiança. Apreciação da simplicidade.

O meu estílo de comunicação:

Focado no conteúdo, fleumático, fctual, claro, analftico e seco, e todavia por vezes palavroso. Os outros poderâo considerar-me como emocionalmente desligado, ausente, excessivamente analítico ou distante.

STRESS, RAIVA E ATITUDE DE DEFESA

o que me causa stress:

Não conseguir manter privacidade, fronteiras e limites suficientes. Ficar fatigado. Ter desejos, necessidades e anseìos conducentes à dependência. Tentaraprendertudo quanto há para saber antes de passar à acção. Emoção em demasia.

o que me faz zangar e ficar defensivo:

Considerar-se que estou factualmente incorrecto. Exigéncias, intrusöes. Estímulos emocionais em demasia. Não ter tempo privado suficiente para restaurar a minha energia.

A natureza da minha raiva e da minha atitude de defesa:

Autocontenção e parar ou retirar. Tensão e desaprovação. Curtos acessos de mau génio.

DESENVOLVIMENTO PESSOAL

o propósito final do meu desenvolvimento:

Perceber que existe uma quantidade natural e suficiente daquilo que é preciso para fomentar e fortalecer a vida, e que manter-me empenhado na vida acarretará recursos, sustento e energia.

Como posso fomentar o meu desenvolvimento pessoal:

Permitindo.me ter sentimentos em vez de me desligar e retirar para o interior da minha mente. Reconhecendo que a retirada e a retenção convidam à intrusão. Passando à acção de acordo com a constatação de que disponho de energia e apoio abundantes para concluí-la com sucesso, em consequência praticando a abundância. Oescobrindo formas de me empenharem conversas, de me exprimir e de revelar questões pessoais. Praticando não precisar de saber.

o que prejudica o meu desenvolvimento pessoal:

Minimizar necessidades e desligá-las do fluxo constante da vida. Perder oportunidades de fazer coisas com outros. lsolar-me dos meus sentimentos e nào estabelecer ligações com outras pessoas. Não reconhecer medo e raiva em mim próprio. Sentir relutância em discutir e revelar questões pessoais. Ser excessivamente analítìco. No mais fundo de mim, acreditar que devo proteger-me do esgotamento num mundo que toma de mais e dá de menos.

Como os outros podem apoiar o meu desenvolvimento pessoal:

Respeitando a minha necessidade de privacidade e espaço. Fazendo distinçöes claras entre os seus pedidos e as suas exigências. Proporcionandofeedback moderado sobre os seus sentimentos e preocupaçöes. Encorajando-me a revelar-me espontaneamente a mim próprio e a exprimir os meus sentimentos no aqui e agora. Apreciando a minha sensibilidade. Aprecìando a minha capacidade de viver e deixar viver.

 

Se não estiver certo de que a descrição do Tipo Observador se encaixa em si, considere as escolhas que fez do segundo e terceiro parágrafos. Voltar ao Artigo Principal.

 

Fóruns

module foruns

Artigos

module articles

Ligue-se a nós!